É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. Mais outra sugestão music...

. Sugestões musicais

. Sugestão musical

. São quatro anos, afinal

. Não existo.

. Vicky Cristina Barcelona:...

. Momentos de felicidade

. uma sugestão para ler

. EU VOU!!!

. Kafka

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Terça-feira, 10 de Agosto de 2004
IKEA: A falsa ideia
Pois é, com base num mail que circula por aí, soube que a loja IKEA Portugal tem preços (muito) elevados face às suas congéneres de outros países. Segundo o exemplo que estava descrito, e que eu mesmo verifiquei, uma cama (modelo Hemnes) custa 499 euros em Portugal e 349 euros em diversos outros países, entre os quais Espanha, Bélgica e França. 150 euros de diferença!
Faz-me lembrar algo que me falaram no outro dia, sobre o salário mínimo em França ser de 1250 euros.
Será isto estarmos no pelotão da frente da UE???
publicado por ladoc às 10:43
link do post | comentar | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds