É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. Mais outra sugestão music...

. Sugestões musicais

. Sugestão musical

. São quatro anos, afinal

. Não existo.

. Vicky Cristina Barcelona:...

. Momentos de felicidade

. uma sugestão para ler

. EU VOU!!!

. Kafka

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Sábado, 11 de Novembro de 2006
Fotografia em palavras (porque estas valem mais que mil imagens)
Já no outro dia, quando jantei numa esplanada na Ronda de Sant Antoni, assisti ao lançamento de ovos e sacos com água (suponho eu que era água...) para as prostitutas que passavam pela rua. Aquela zona sempre foi um foco de prostituição, que se mistura com os inúmeros passantes e clientes das inúmeras lojas de informática, telemóveis, jogos de computador e outras tecnologias que não substituem o trabalho destas meninas provenientes na sua maioria de países do Leste Europeu. Após uma reacção legal, em que os Mossos de Esquadra passaram a poder multar as prostitutas caso se assistisse à sua oferta de serviços, a situação agora acalmou, mas os vizinhos estão a movimentar-se para terminar com a tradição, exibindo cartazes nas suas varandas a dizerem "Putes No" (é catalão, mas suponho que não é preciso traduzir).
Hoje pela manhã, era visível a quantidade de sacos rebentados pelo chão e as manchas dos ovos lançados, ainda que a equipa de limpeza do Ayuntamiento já tivesse tratado de uma boa parte da Ronda.
Apesar do braço de ferro que parece estar instalado, não acredito que se acabe com a prostituição naquela zona. Nunca acreditei que se acabasse com esta actividade por decreto; ainda menos acredito que se acabe com ela por lançamento de objectos. A ver vamos.

publicado por ladoc às 10:58
link do post | comentar | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds