É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. Mais outra sugestão music...

. Sugestões musicais

. Sugestão musical

. São quatro anos, afinal

. Não existo.

. Vicky Cristina Barcelona:...

. Momentos de felicidade

. uma sugestão para ler

. EU VOU!!!

. Kafka

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Domingo, 29 de Julho de 2007
E mais jam em Barcelona
publicado por ladoc às 17:30
link do post | comentar | favorito
|
Jam em Barcelona
Mesmo com a lesão no pulso direito, consigo tocar. Aqui está mais uma sessão. Lamento a qualidade sonora.

publicado por ladoc às 16:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Julho de 2007
Vergonha nacional
As notícias mais recentes dão conta da miséria política duma ilha que faz parte do território português. Uma série de insultos absolutamente infames proferidos por Jaime Ramos a um deputado do PCP são apenas mais um sinal da podridão daquele meio político. A recusa do Governo Regional em aplicar a lei da IVG é outro sinal de que o poder da República é cobarde, com especial destaque para o seu representante máximo: o Presidente. Fez bem José Sócrates hoje, em entrevista à SIC, ao colocar claramente essa questão como inadmissível. Resta saber se a cobardia de Cavaco Silva se confirmará até ao fim ou não. Quanto ao PSD, já era tempo de assumir alguma coragem e fazer algo para terminar com esta vergonha.
publicado por ladoc às 01:41
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Julho de 2007
Encosta-te a mim
Um hino à amizade, ao amor, à ternura, à paz de espírito. Um dia chegarei aí.
Arrepiou-me! Obrigado, Jorge!


Encosta-te a mim, nós já vivemos cem mil anos
encosta-te a mim, talvez eu esteja a exagerar
encosta-te a mim, dá cabo dos teus desenganos
não queiras ver quem eu não sou, deixa-me chegar

Chegado da guerra, fiz tudo p´ra sobreviver
em nome da terra, no fundo p´ra te merecer
recebe-me bem, não desencantes os meus passos
faz de mim o teu herói, não quero adormecer

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim

Encosta-te a mim, desatinamos tantas vezes
vizinha de mim, deixa ser meu o teu quintal
recebe esta pomba que não está armadilhada
foi comprada, foi roubada, seja como for

Eu venho do nada porque arrasei o que não quis
em nome da estrada onde só quero ser feliz
enrosca-te a mim, vai desarmar a flor queimada
vai beijar o homem-bomba, quero adormecer

Tudo o que eu vi, estou a partilhar contigo
o que não vivi, um dia hei-de inventar contigo
sei que não sei, às vezes entender o teu olhar
mas quero-te bem, encosta-te a mim
publicado por ladoc às 16:54
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Nojo, asco, repulsa...
Coisas que me metem nojo em Portugal:
– o Governo da Madeira;
– o Presidente da República;
– Isaltino Morais e outros autarcas da mesma corja;
– o presidente do Sport Lisboa e Benfica;
– as eternas queixas sobre tudo e mais alguma coisa;
– a mania de ter sempre casa e carro (este com menos de 5 anos, claro!), e depois faltar dinheiro para a cultura e para o lazer;
– o permanente auto-bota-abaixo.
publicado por ladoc às 14:11
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Julho de 2007
Todo cambia


Cambia lo superficial
Cambia también lo profundo
Cambia el modo de pensar
Cambia todo en este mundo

Cambia el clima con los años
Cambia el pastor su rebaño
Y así como todo cambia
Que yo cambie no es extraño

Cambia, todo cambia
Cambia, todo cambia

Cambia el sol en su carrera
Cuando la noche subsiste
Cambia la planta y se viste
De verde la primavera

Cambia el pelaje la fiera
Cambia el cabello el anciano
Y así como todo cambia
Que yo cambie no es extraño

Pero no cambia mi amor
Por más lejos que me encuentre
Ni el recuerdo, ni el dolor
De mi pueblo y de mi gente

Y lo que cambió ayer
Tendrá que cambiar mañana
Así como cambio yo
En esta tierra lejana

Cambia, todo cambia
Cambia, todo cambia

Pero no cambia mi amor
Por más lejos que me encuentre
Ni el recuerdo, ni el dolor
De mi pueblo y de mi gente

Cambia, todo cambia
Cambia, todo cambia
publicado por ladoc às 22:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Julho de 2007
A minha nova paixão
publicado por ladoc às 23:34
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Julho de 2007
Esta cidade



Onde ao entrares no autocarro se cumprimenta o condutor (quantos "hola!" dirá diariamente?).
Em que dificilmente se passam 30 segundos sem veres uma mulher bonita.
Onde os catalães teimam em reunir-se apenas entre eles, com ose fossem emigrantes, mas na sua própria terra.
Cidade-natal daquele que é considerado o melhor cozinheiro do mundo, mas onde o prato mais tradicional é butifarra (algo entre uma salsicha e um chouriço) com feijão.
Onde atirar petardos é uma tradição incentivada nas crianças.

É esta cidade que me verá crescer por agora.
publicado por ladoc às 13:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Julho de 2007
Scofield, Medeski, Martin & Wood – Teatre Grec, Barcelona
Foi neste cenário magnífico que vi este concerto.





Não me apetece agora passar a palavras a experiência, mas para ficarem com uma ideia do que estes senhores podem tocar juntos, experimentem ouvir esta minha prenda: http://www.savefile.com/files/874671
publicado por ladoc às 22:57
link do post | comentar | favorito
|
David Bowie... e mais ainda

Um tema sobre as dúvidas e descobertas espirituais de Bowie.
Esta versão ao vivo está talvez um tom e meio abaixo do original, o que não prejudica em nada (antes pelo contrário?) a interpretação. Além do mais, tem a Emm Gryner (nos coros), o que torna sempre as coisas mais interessantes.



Word on a wing

In this age of grand illusion you walked into my life out of my dreams
I don't need another change, still you forced away into my scheme of things
You say we're growing, growing heart and soul
In this age of grand illusion you walked into my life out of my dreams
Sweet name, you're born once again for me
Sweet name, you're born once again for me
Oh sweet name, I call you again, you're born once again for me
Just because I believe don't mean I don't think as well
Don't have to question everything in heaven or hell

Lord, I kneel and offer you my word on a wing
And I'm trying hard to fit among your scheme of things
It's safer than a strange land, but I still care for myself
And I don't stand in my own light
Lord, lord, my prayer flies like a word on a wing
My prayer flies like a word on a wing
Does my prayer fit in with your scheme of things?

In this age of grand illusion you walked into my life out of my dreams
Sweet name, you're born once again for me
just as long as I can see, I'll never stop this vision flowing
I look twice and you're still flowing
Just as long as I can walk
I'll walk beside you, I'm alive in you
Sweet name, you're born once again for me
And I'm ready to shape the scheme of things

Ooh, ready to shape the scheme of things
Ooh...

Lord, I kneel and offer you my word on a wing
And I'm trying hard to fit among your scheme of things
It's safer than a strange land, but I still care for myself
And I don't stand in my own light
Lord, lord, my prayer flies like a word on a wing
And I'm trying hard to fit among your scheme of things
It's safer than a strange land, but I still care for myself
And I don't stand in my own light
Lord, lord, my prayer flies like a word on a wing
My prayer flies like a word on a wing
Does my prayer fit in with your scheme of things?

publicado por ladoc às 22:47
link do post | comentar | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds