É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. (Re)Aprender

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Quinta-feira, 28 de Junho de 2007
(Re)Aprender
Como é que nos preparamos para algo que não queremos fazer?

Como é que deixamos de ir ver coisas que nos fazem sofrer?

Como é que paramos de pensar no que devíamos ter feito?

Como é que largamos as ideias de que tudo poderia ser diferente?

Como é que se omitem interpretações a partir de coisas que podem querer dizer tudo e nada?

Como é que...
tags:
publicado por ladoc às 11:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds