É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. Kafka

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Quarta-feira, 12 de Março de 2008
Kafka


Faces ocultas que se revelam, mas apenas por partes. Nunca mostramos totalmente quem realmente somos, mesmo para nós próprios.
Temos medo. Falta-nos tempo. Somos ignorantes nas artes do autoconhecimento. Preferimos olhar e criticar os demais. Estamos tão ocupados no dia-a-dia que nos esquecemos de pensar no importante. Optamos por não pensar, aproveitando as pausas dos afazeres diários para desligar. Ou para nos ligarmos, mas apenas a fontes de informação. Viciamo-nos na recepção de toda essa informação, que nos entope, nos põe dormentes e nos aliena da verdadeira realidade.
Juntamos todas estas alternativas, ou agrupamo-las periodicamente.
Perdemos a noção da riqueza dos nossos sentidos, e quando assistimos a fenómenos da Natureza – claro que perfeitamente naturais – ficamos embasbacados, por estarmos habituados a um certo torpor nos nossos cinco sentidos.
No entanto, tem algo de conforto, esta dormência; uma espécie de droga, que nos permite passar (mais) um dia sem precisarmos de de nos expor, mantendo as nossas faces ocultas. Através da criação de outras, ou apenas passando a ser mais um sem-rosto na multidão.
tags:
publicado por ladoc às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds