É proibida a entrada a quem não andar espantado de existir.
.posts recentes

. Vergonha nacional

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Setembro 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Janeiro 2005

. Novembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.pesquisar
 
.Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
.tags

. todas as tags

Quinta-feira, 26 de Julho de 2007
Vergonha nacional
As notícias mais recentes dão conta da miséria política duma ilha que faz parte do território português. Uma série de insultos absolutamente infames proferidos por Jaime Ramos a um deputado do PCP são apenas mais um sinal da podridão daquele meio político. A recusa do Governo Regional em aplicar a lei da IVG é outro sinal de que o poder da República é cobarde, com especial destaque para o seu representante máximo: o Presidente. Fez bem José Sócrates hoje, em entrevista à SIC, ao colocar claramente essa questão como inadmissível. Resta saber se a cobardia de Cavaco Silva se confirmará até ao fim ou não. Quanto ao PSD, já era tempo de assumir alguma coragem e fazer algo para terminar com esta vergonha.
publicado por ladoc às 01:41
link do post | comentar | favorito
|
blogs SAPO
.subscrever feeds